Cibersegurança  – o que um provedor de internet precisa para estar preparado
22 maio 2020 WDC Networks

Cibersegurança – o que um provedor de internet precisa para estar preparado

Com a expansão do trabalho remoto, conhecido mais como home office, o mercado de provedores regionais (ISPs) cresce a passos largos, assim como a cibersegurança. Mesmo após a pandemia gerada pela Covid-19, esse tipo de regime deve crescer substancialmente no Mercado. É isto o que revela uma pesquisa conduzida pela Fundação Getúlio Vargas (FGV).

De acordo com estudo do coordenador do MBA em Marketing e Inteligência de Negócios Digitais da FGV, André Miceli, o home office deve saltar 30% após o período de distanciamento social.

Com esta evolução, tratar cibersegurança como prioridade é um desafio que pede entendimento e estratégia. Inúmeras pesquisas de empresas da área de segurança digital indicam um aumento do número de ataques virtuais. Segundo dados apresentados, em dezembro de 2019, pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) até o final de 2020 a participação de provedores regionais poderá ser maior do que outras operadoras. Esse grupo soma mais de 9,8 milhões em todo o Brasil.

Os números mostram que o serviço de telecom tende a crescer no Brasil, principalmente em função dos ISPs que atuam em regiões mais afastadas dos grandes centros, como periferias e zonas rurais. Até setembro de 2019, o país possuía 32, 6 milhões de domicílios com acesso à banda larga.

A demanda por provedores regionais deve crescer, haja vista a adesão pela política de home office. Segundo a empresa de consultoria Frost & Sullivan, o mercado brasileiro de banda larga fixa deve movimentar US$ 45 bilhões no segmento de telecomunicações até 2022.

Agilidade, conectividade e segurança

Para esse universo dos ISPs, o desafio de ofertar conexão rápida e segura para seus clientes também pode ser interpretado como grande oportunidade. Essa proteção deve ser de ponta a ponta, ou seja, dos dados dos usuários até as operadoras de internet.

Para isso, medidas como revisão das políticas de segurança internas, adequação à Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) e a utilização de softwares de integração vão ao encontro desse objetivo.

É importante que os provedores regionais desenvolvam e mantenham sistemas de proteção que captem, monitorem e tenham respostas rápidas contra ameaças cibernéticas, por meio de soluções avançadas e integradas. Antivírus e softwares auxiliam na vigilância de rede, na automatização de processos de proteção e, portanto, agem diretamente na melhor experiência de seus clientes.

Proteger os equipamentos dos clientes (endpoint) contribui com a diminuição do consumo geral de banda de internet, por uso indevido de malwares ou mineração de bitcoin.

 

Oportunidade de mercado

A malha de infraestrutura cresce junto aos serviços de dados oferecidos. Isso significa que mais dados trafegam e, consequentemente, a cibersegurança passa a ser uma obrigação do ISP.

Além de “cumprir a regra”, garantir a integridade de pessoas e corporações, por meio de um produto de valor agregado que traga conectividade e segurança, é um ponto alto para seu negócio em meio a tanta competitividade.

Nesse aspecto, quando se trata de escolher um parceiro de cibersegurança, o melhor é optar por aqueles que tenham respaldo no mercado, muito antes dessa demanda por proteção de dados se tornar crítica.

A solução escolhida precisa comportar proteções, como antimalware, ransonware, phishing e Ameaças Persistentes Avançadas (APTs), por meio de um sistema de segurança versátil para ambientes móveis e virtuais, com assistência técnica eficiente e de fácil instalação e uso.

Lembre-se: pensar em qualidade, expertise e respostas em longo prazo são as bases de uma escolha assertiva.

A WDC Networks trabalha com marcas mundialmente reconhecidas em seu portfólio de segurança da informação. Os produtos dos fabricantes que a empresa comercializa, por seu modelo único de locação, incluem firewalls, antivírus (endpoint), backup e criptografia, ou seja, soluções adequadas a redes, servidores e dispositivos móveis, com gerenciamento em nuvem. Esses serviços garantem que todo o tráfego na web dos ISPs esteja protegido, atendendo às necessidades específicas de cada cliente, inclusive financeiras.

A WDC possibilita a aplicação dessas soluções, mensalizando com o seu exclusivo modelo de locação, com pronta entrega e equipe técnica qualificada. Um conjunto de valores agregados que vão direcionar melhor a sua escolha.

CADASTRE-SE PARA RECEBER
INFORMAÇÕES E PROMOÇÕES