Estamos funcionando normalmente, escritórios de São Paulo estão em formato Home Office e Centros de Distribuição tomando todas as medidas de segurança e higiene.

Cuiabá tem projeto de Cidade Digital: internet para todos

10 nov 2011

Uma das boas surpresas em Cuiabá foi que vimos várias redes montadas em regiões mais populares oferecendo acesso grátis de internet. Essa prática tem sido utilizada e popularizada em vários lugares do Brasil e muitas dessas iniciativas se perdem na qualidade e no tempo, pois sabemos que as prefeituras municipais têm muita boa vontade de ajudar a populaçao oferecendo uma “inclusão digital”, montando redes wi-fi para a acesso grátis.

O que eu me pergunto sempre é porque não fazer isso em parceria com os provedores de internet via rádio locais? Afinal, será que a prefeitura sabe dar manutenção nessas redes? E mesmo que soubesse, será que vai conseguir se atualizar, atender o usuário?

Eu defendo a parceria com os provedores por alguns fatores:

1) a frequência usada nessas redes são livres e precisam evitar interferência.

2) uma rede sem fio precisa de manutenção constante, devido a chuvas, raios, etc

3) a tecnologia evolui rapidamente, e a atualização é fundamental.

4) o usuário que está começando a usar a internet é o que mais precisa de apoio, e as vezes a prefeitura não tem gente pra atender as dúvidas.

Visitamos a cidade, e no bairro Pedregal fizemos algumas fotos. Fica aqui uma reflexão para as prefeituras bem intencionadas, para procurarem os provedores locais antes de implantar as suas redes.

Embaixo de um sol e uma umidade de 87% saimos às ruas entrevistando as pessoas.  Encontramos uma jovem estudante de jornalismo que usa muito a rede:

Identificamos pela anteninha de rádio na casa dela e conversamos sobre a situação do bairro. Ela está próxima de uma antena do Internet Para Todos: